Ex-vices de Alckmin não sentem saudades

 

Tentando ganhar sobrevida na corrida eleitoral ao acertar o apoio de partidos do centrão, que da base ao presidente Michel Temer,  Geraldo Alckmin corre para encontrar o vice que possa impulsioná-lo. Entretanto, nenhum dos ex-vices do ex-governador paulista, sentem saudades com o parceiro tucano.

Cláudio Lembo (2003 a 2006) e Guilherme Afif (2011 a 2014) são dois exemplos vivos. Claro, ser vice é basicamente viver na expectativa de poder substituir o titular, mas a função é pior ainda quando se é de Alckmin, um político introvertido, distante, que nunca demonstra o que pensa, relatam os antigos ex-companheiros de governo.

Leia a reportagem completa aqui

//