Geólogos fazem mapeamento de áreas de risco em Joinville

Uma equipe de geólogos do Serviço Geológico do Brasil, está em Joinville fazendo o mapeamento e revisita de locais sujeitos a acidentes naturais, como deslizamentos ou inundações. Os trabalhos iniciaram no dia 22 de outubro e finalizam na próxima quinta-feira, dia 1º de novembro.

O levantamento foi contratado pelo Governo do Estado de Santa Catarina para atualizar as áreas de risco de vários municípios catarinenses. Os geólogos integram a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), vinculada ao Ministério das Minas e Energia.

Em Joinville, as visitas são feitas em 20 localidades prioritárias sujeitas a deslizamentos ou inundações que já integram mapeamento realizado entre os anos de 2012 e 2013, sob a coordenação da Defesa Civil de Joinville. O relatório final conterá a descrição de cada caso, quantidade de imóveis e pessoas em risco e sugestões de intervenção.

Os casos de risco estão localizados principalmente nos bairros Petrópolis, Nova Brasília, Boehmerwald, Floresta, Itaum, Santo Antônio, Santa Catarina, Boa Vista, Iririú, Aventureiro, São Marcos, Glória e Vila Nova.

Nos primeiros dias de avaliação os geólogos se concentraram nos casos de deslizamentos, tecnicamente conhecidos como movimentos de massa, quando há ruptura de solo ou rocha, principalmente decorrentes de chuva intensa e prolongada.

A partir desta terça-feira (30) até quinta (1º), os geólogos concentrarão as atenções nas áreas sujeitas a inundações em vários bairros.

Com base no relatório final com sugestões de medidas preventivas, a Defesa Civil  irá desenvolver um trabalho educativo em escolas por meio de palestras e distribuição de cartilhas onde são apresentados, de forma didática, conceitos como desastres naturais, causas dos movimentos de massa, situações e redução de risco, medidas preventivas e o que fazer em caso de situações de perigo ou risco.

//