Defesa de Lula pede ao STF a suspeição de Sérgio Moro

 

A defesa do ex-presidente Lula levará ao Supremo Tribunal Federal (STF), um novo pedido de suspeição do juiz Sergio Moro, nomeado ministro do governo Bolsonaro. Auxiliares de Lula entendem que o novo pedido de suspeição vai obrigar a corte a se posicionar sobre a atuação do juiz. Pessoas próximas a Lula que conhecem de perto os processos, dizem que, “diante de toda a trama”, o STF terá que decidir se a atuação de Moro “não causou qualquer prejuízo à estética da imparcialidade tão cara à Justiça”.

A reportagem da coluna Painel do jornal a Folha de S. Paulo, destaca que “o recurso estava previsto antes mesmo de Moro aceitar o convite de Bolsonaro. A defesa de Lula vai pedir a revisão da decisão do STJ, que negou a suspeição do juiz. Se o Supremo aceitar o pedido, o processo pode ser considerado nulo, hipótese hoje vista como improvável”.

//